CASA

 

Há um refúgio de tranquilidade, num recanto rodeado de serpenteantes canaviais e lírios, numa paisagem natural protegida e onde poderá precisar de mais do que um fugaz momento para aproveitar a diferença entre “relaxar” e tentar entender as profundezas da sua consciência e da realidade. Esta realidade pode ser encontrada num quadro de Monet em que as folhas sussurram gentilmente ao som de Erik Satie ou Debussy.

 

Irá encontrar a Casa do Sol Nascente ao fundo de uma aldeia, onde as pessoas se cumprimentam quando cruzam caminho e onde o tempo é marcado pelo badalar do sino da capela ou pelo som do pequeno e histórico comboio “Vouguinha”. Este comboio liga Aveiro a Águeda e, a pedido, para no fundo da rua e quase à nossa porta. Quando esses sons se dissipam no ar e apenas resta um cão a ladrar ao longe ou o som de um ramo a bater suavemente na janela e o rio espelha o gentil passar do tempo, resta uma paz interior. Não acha que a sua mente e espírito merecem uma trégua de pura paz e serenidade?

 

Apesar disso, locais, atividades e sons mais sofisticados não estão longe. O Porto fica a 40 minutos, Coimbra a 30 minutos e Aveiro a 20 minutos, todos a uma viagem de carro de distância e com uma vasta oferta histórica, cultural e artística. Mais perto, na Costa Nova e na Barra encontram longas praias e dunas ideais para caminhadas, sentir o abraço do vento Atlântico e apanhar sol. Na reserva natural de São Jacinto, golfe, surf e velejar são apenas algumas das opções existentes para passar um bom dia.

 

Turismo de Habitação - Nº de licença 102207/AL

Idiomas: Português, Castelhano, Francês, Inglês.


voltar